Solicitação de Orçamento

Basta preencher o formulário abaixo, que entraremos em contato o mais breve possível.

Área do Cliente (TOL)

Logística

O que fazer para reduzir meus custos com transporte?

Entre os custos logísticos de uma empresa, o transporte representa sozinho 60%, e na busca pela redução de custos as empresas devem buscar enxugar seus maiores índices.

Sabemos que hoje o setor de transporte está muito além da simples função de entregar o produto no cliente final. Ele integra o nível de serviço e de satisfação dos clientes, tornando-se um diferencial entre as empresas.

Existem diversas alternativas que podem ser adotadas para reduzir os custos com transporte. Algumas simples e outras que demandam um tempo maior de estudos e análises, porém, que trazem um resultado muito efetivo.

 

Análise das rotas atuais

Elaborar rotas de entrega não é um trabalho simples, pois deve combinar a maior utilização dos veículos (cúbica ou peso) com o menor percurso e a maior quantidade de entregas. Sem o auxílio de um sistema roteirizador essa função fica nas mãos dos líderes de expedição, ou mesmo dos motoristas, que usam critérios particulares, ignorando as necessidades da empresa.

A decisão da rota e sequência de entrega deve ser de domínio da empresa, que elegerá um colaborador capacitado a operar o sistema roteirizador e realizar a criação e sequenciamento de rotas como objetivo de otimizar as entregas e reduzir os custos.

 


Mapa em Excel utilizando os dados do B.I. para analise visual de cidades x rota

 

 

Análise dos custos atuais praticados por tipo de veículo

A decisão por qual tipo de veículo a empresa deve utilizar nas entregas influencia diretamente os custos de transporte. Isso porque sem o domínio do perfil de sua operação, a empresa pode optar, por exemplo, por veículos de médio porte (Truck, Toco, ¾) para uma operação em que as entregas são extremamente fracionadas, causando demora na formação de carga e, consequentemente, demora na entrega dos pedidos. Ou até mesmo optar por veículos muito pequenos (V.U.C., Vans, Fiorino) para operações em que as entregas são em sua maioria de caixas fechadas, causando uma demanda muito grande de veículos e aumento nos custos.

Seja frota própria ou terceirizada, o tipo de veículo deve se adequar ao perfil de pedido, frequência de entregas e região que a empresa deseja atender.

 

 

Produtividade por região/rota

“Não se gerencia o que não se mede” - Essa famosa frase de Deming retrata bem a necessidade de criarmos mecanismos que controlem e meçam tanto a produtividade quanto os gastos das entregas. Só assim será possível corrigir os desvios que ocorrem na empresa, seja no percurso da rota, no excesso de peso dos veículos, na má qualidade do combustível ou na falta de manutenção dos veículos. Também é possível criar ferramentas de melhoria contínua, buscando otimizar as rotas e percursos e a ocupação do veículo, podendo utilizar também remuneração variável, uma prática cada vez mais utilizada no mercado, que concilia dois pilares importantíssimos: meritocracia e desoneração da folha de pagamento.

 


Sistema roteirizador da Target (RotaPlan) onde é possível analisar a
viabilidade das rotas por sequência, distância, tempo e custo.

 

 

Análise de cubagem por tipo de veículo

A máxima utilização dos veículos é um dos grandes desafios quando falamos de cubagem, pois além de utilizar o máximo do veículo, também temos que levar em consideração o peso da carga, a diversidade dos materiais e a facilidade de o motorista realizar essas entregas no cliente final. Para que a cubagem do veículo seja o mais precisa possível é necessário que alguns dados cadastrais estejam sempre atualizados, como, a cubagem do baú dos veículos e o peso suportável, a metragem cúbica e o peso dos produtos. Assim será possível cruzar as informações, seja de forma manual ou com o auxílio de um programa específico, além de carregar os veículos com maior aproveitamento.

 


Indicador utilizado em um cliente Target, que monitora por
tipo de veículo o % de utilização do veículo e % do frete.

 


Indicador utilizado em um cliente Target, que monitora
mensalmente o % de utilização do veículo e % do frete.

 

Conclusão

Independente da área ou setor, a busca pela melhoria nos processos traz como  consequência a redução de custos e o aumento da produtividade, pois é com o auxílio dessa prática que conseguimos encontrar falhas e desperdícios que ocasionam maior custo na operação. Por isso não se acomode e tenha sempre em mente que para reduzirmos custos é necessário que todas as práticas atuais devem ser revisadas periodicamente com a visão de encontrar uma forma mais prática, fácil e que demande menor custo na execução.

 

Leia também: 8 passos para diminuir os seus custos com logística

 


Escrito por Alisson Rodrigues de Melo
Consultor de Logística
alisson.melo@targetsistemas.com.br

 

 


Heda Valim Pereira

DB Brasil/DF

A DBBrasil está com a Target desde 2003,

e nestes quase 15 anos de parceria, posso dizer que o sistema proporcionou que crescêssemos com segurança e controle, desde 2003 mudamos de sede 3 vezes, a Target teve participação fundamental em todas estas mudanças, na última mudança, fizemos o projeto do galpão em parceria, tudo para que nossa logística pudesse ter um alto nível de acuracidade. Temos muita confiança no trabalho da Target.

Francisco Carvalho

Vital Procifar/Bahia

Excelente custo beneficio!

A solução da Target foi fundamental para o desenvolvimento das melhores praticas de armazenagem e logística na Vital Procifar, aliada com um custo eficiente para implementação. É um sistema com fácil acesso aos dados para tomada de decisão.

Alexandre B. Fernandes

Mantiqueira/SP

Somos clientes Target desde o final de 2008.

Atualmente temos na Mantiqueira os produtos: ERP/NF-e/TAB/MOB/BI /MULTI-EMPRESA/WMS/MLOG. Sem dúvidas o sistema nos ajudou a fortalecer nossas parcerias com os fornecedores na questão de trocas de informações, relatórios de acompanhamentos e na gestão como um todo. O que nos passa confiança e credibilidade é o foco em que a Target tem no canal distribuição. Isso ajuda muito!

Lorival Gaspar Jr.

CDA MAX/SP

Penso na Target não como um parceiro, mas como parte da minha empresa.

E por reciprocidade tenho orgulho de ter participado do crescimento da Target nesses 16 anos. Hoje utilizamos as mais diversas ferramentas disponibilizada por vocês, além do ERP, módulo WMS, módulo Fiscon (implantação), Módulo Mob, Módulo rastreamento de vendedor, B.I., etc... Além disso conto com a Target para continua atualização da gestão e treinamento de todos aqui na empresa. Devo muito do nosso crescimento a vocês aí da Target.

Quer ver o ERP funcionando?

Um consultor irá entrar em contato para mostrar as principais funcionalidades, basta deixar seu nome e e-mail abaixo: